O primeiro módulo do Preamar de Artes Visuais foi acompanhado pela artista Sabyne Cavalcanti que propôs diversas atividades e experimentações pensando a relação do corpo com a terra. A Sabyne já havia sido professora no Percurso de Artes Gráficas, no primeiro momento da maioria da turma na escola, durante o programa Navegações Estéticas, e foi também um desejo desses alunos que ela pudesse estar de volta acompanhando seus projetos. A introdução desses conceitos ligados à natureza, então, se deu desde março/abril de 2019. Algumas imagens do encontro aqui. 

 

Os encontros e as experimentações se deram no campo daquilo que é presente, do corpo conectado à natureza. Então, os alunos experimentaram desenhar com o corpo, onde cada um dançava enquanto a turma desenhava dançando junto com aquele que observavam. Todos tiveram seu momento de estar sendo observado enquanto dançava para que os demais pudessem desenhar aqueles movimentos juntos. 

 

Os alunos tiveram um momento de pintar e criar imagens a partir de pigmentos naturais. As atividades propostas pela Sabyne Cavalcanti foram realizadas no ateliê da Escola Porto Iracema. Alguns dos materiais utilizados: hortelã, sementes de urucum, chá de hibiscos, manjericão, cola, beterraba etc.

Para acessar mais imagens dos encontros com a Sabyne Cavalcanti clique aqui.

Os alunos também tiveram a oportunidade de conversar com o artista Zé Tarcísio em seu próprio ateliê, acompanhados pela Sabyne.

Os alunos também puderam realizar um passeio de barco pelo Rio Ceará, dentro da programação do Sesc Iparana. O passeio foi proposto pela Sabyne que acompanhou a turma e fez as conexões com todo o processo experimental e natural que a turma estava imerso.

Os encontros foram acontecendo e sendo orientados de acordo com o projeto individual de cada participantes e ao mesmo tempo ocorreu um processo de orientação que se deu de forma coletiva, onde todos participaram das etapas criativas do outro, numa colaboração mútua.

Sabyne Cavalvanti

Artista cearense, formada em Artes Visuais pela Universidade Gama Filho. Participou de diversas exposições no Brasil e no exterior. Desenvolveu residência artística na Kunsthojskolen – Thorstedlund, na Dinamarca. Fez parte do Laboratório de Artes Visuais do Porto Iracema das Artes com o projeto Corpo Móvel.